Vice-presidente do Sindicato dos Médicos comemora saída dos médicos cubanos do Brasil

Em entrevista à rádio Bandeirantes na manhã de hoje, o vice-presidente do Sindicato dos Médicos de Santa Catarina, Leopoldo Alberto Back, disse que a saída dos médicos cubanos do Brasil “veio tarde”.

A entrevista é assustadora. Leopoldo defende abertamente o aumento do salário dos médicos para ocupar as vagas que ficarão em aberto, numa leitura absolutamente corporativista.

Garantiu que vai haver médicos brasileiros “de sobra” para preencher as vagas.

Desde que o salário dos médicos seja ainda maior do que já é.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *