Vereadores esperam decisão judicial até quarta-feira

Existe uma expectativa entre os vereadores do PMDB de que haja novidades até quarta-feira quanto à ação judicial em que eles pedem a anulação da eleição da Mesa Diretora da Câmara. A expectativa é de que seja concedido o mandado de segurança, tornando nulos imediatamente os efeitos do pleito que levou Pepê Collaço (PP) à presidência da Casa, numa chapa que une representantes ainda de PSD, PSDB e PT, deixando de fora os peemedebistas.

A ação é movida por Bertilo Borba, mesmo advogado que conquistou mandados de segurança similares em Braço do Norte e Gravatal.

Em Gravatal, uma nova eleição já foi realizada e o vencedor foi mantido: Estrelo (PP).

Em Braço do Norte, ainda não foi realizada a nova votação.

A defesa aposta suas fichas no fato de os vereadores do PMDB terem votado na chapa, mesmo estando fora da composição. Seria a única diferença essencial para os casos de Gravatal e Braço do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *