Unisul e sindicato retomam as negociações

A boa notícia do fim da semana foi a retomada das negociações entre a Unisul e o Sinpaaet para a adoção de medidas saneadoras quanto à delicada situação financeira vivida pela universidade, um dos maiores orgulhos da cidade e um dos seus maiores empregadores. O reitor Mauri Heerdt e seu vice, Lester Marcantônio Camargo, estiveram na sede do Sinpaaet e discutiram com a presidenta Gisele Vargas e discutiram alternativas para a solução da grave crise, que está gerando um número crescente de demissões. A direção da Unisul assumiu o compromisso de apresentar uma nova proposta de ações e deu uma grande demonstração de disposição para a negociação, o que causou uma boa impressão na representação dos servidores – o Sinpaaet representa não apenas os professores, mas todos os trabalhadores da rede privada de ensino. A notícia de que a Udesc, de Criciúma, está encomendando mais de 100 demissões causa evidente apreensão e todas as soluções que evitem ações drásticas hão de ser buscadas com afinco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *