Tubarão precisa seriamente discutir o seu trânsito

Ontem houve um acidente com morte na avenida Padre Geraldo Spettmann, acesso “oficial” da BR-101 a Tubarão. Segundo o relato da Polícia Militar, um carro realizou uma manobra não permitida, cruzando inteiramente as três pistas da via e acertou uma motocicleta, cujo condutor acabou falecendo.

Tubarão tem seu trânsito cortado por um rio, uma rodovia e uma ferrovia. Isso o torna complexo, ainda mais porque inexiste planejamento urbano.

A inauguração do sonhado binário envolvendo as avenidas Patrício Lima e Padre Geraldo Spettmann trouxe, enfim, a existência de vias rápidas ao município de mais de 100 mil habitantes.

Tubarão precisa tirar das costas da Polícia Militar as tarefas de trânsito para dar condições de tratar de segurança pública efetiva.

Temos uma Guarda Municipal que poderia cumprir este papel. Tem efetivo de quase 40 funcionários, carros. Basta organizar e usar o modelo integrado já implementado em Criciúma.

Todas as ferramentas para realizar orientação e fiscalização efetivos estão à disposição. Basta apenas utilizar.

Um comentário em “Tubarão precisa seriamente discutir o seu trânsito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar