TSE nega por unanimidade recurso para João Rodrigues recuperar mandato

O pleno do Tribunal Superior Eleitor (TSE) rejeitou por unanimidade, na noite de quarta-feira (13/3), o Recurso Especial Ordinário impetrado pelo ex-deputado federal João Rodrigues, que tentava ver validado o seu registro de candidatura para as eleições do ano passado, quando buscou um novo mandato para a Câmara dos Deputados. O voto do relator ministro Admar Gonzaga considerou que a condenação por crime contra a administração pública contra João Rodrigues, já transitada em julgado, o tornou inelegível no momento dos registros de candidatura para o pleito de 2018. A decisão foi seguida pelos ministros Rosa Weber, Luiz Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Jorge Mussi, Og Fernandes e Tarcísio Vieira de Carvalho, finalizando o placar de sete votos a zero pela negativa do provimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar