Temer distancia PMDB e PSDB em Santa Catarina

A candidatura de Michel Temer à presidência da República dá cada vez mais indicativos de que é para valer e a intervenção militar na segurança pública do Rio de Janeiro é sua bandeira. Se não vingar, há quem acredite que Henrique Meirelles concorrerá pelo partido. Se o PMDB de fato tiver candidato a presidente da República, o impacto é direto na eleição para o governo de Santa Catarina. A tese de que o PSDB poderia abrir espaço para uma candidatura do partido de Temer em troca do apoio a Geraldo Alckmin na disputa presidencial cairia por terra e a chance de uma candidatura própria tucana ficaria reforçada, provavelmente com Paulo Bauer na cabeça-de-chapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar