Sindicato convoca servidores da Unisul para discutir PDI

A crise financeira vivida pela Unisul está ganhando novos e dramáticos capítulos. A universidade publicou uma resolução no dia 1º de março em que abre um Plano de Demissões Incentivadas (PDI), além de promover uma série de cortes, como: 20% de todas as gratificações; redução mínima de 20% nos contratos de consultoria, assessoria e prestação de serviços; corte das horas administrativas de todos os funcionários, exceto para coordenação de cursos, orientação de estágio, orientação de projeto de conclusão de curso e demais atividades de orientação. O corte mais duro é o de atividades culturais e esportivas, o que inclui, por exemplo, o premiado coral da universidade. Quanto ao PDI, inclui o pagamento da rescisão contratual em 12 parcelas, manutenção do pagamento para a Previdência por 24 meses (seja INSS ou UniPrev) e também do plano de saúde, pelo mesmo período. A adesão dos servidores ao plano será voluntária, mas precisará ser aprovada pela Unisul. O Sinpaaet realiza uma roda de conversa no sábado, a partir das 9h30, em seu sindicato, para avaliar a decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar