SC dá nota 5 a Bolsonaro em pesquisa

SC dá nota 5 a Bolsonaro. Esse é o saldo de uma pesquisa publicada ontem pelo jornal Notícias do Dia. O levantamento foi realizado pela Síntese Pesquisas e Assessoria, de Joinville. Quem contratou o levantamento foi o Grupo ND.

O resultado certamente é desastroso. Afinal, nas eleições presidenciais de 2018 Jair Bolsonaro teve em Santa Catarina o seu melhor desempenho no primeiro turno (66% dos votos) e o segundo melhor (76%) no segundo turno. Portanto, uma queda muito brusca de popularidade após apenas um ano de mandato. Em 2019, SC dá nota 5 a Bolsonaro.

A saber: o Notícias do Dia não informa a data em que a pesquisa foi a campo. No entanto, pode-se afirmar que ela é anterior aos últimos movimentos desastrados do presidente, que empurra o Brasil para um conflito entre Estados Unidos e Irã que pode resultar em uma guerra. Tanto que esses atos sequer estão entre as respostas.

SC dá nota 5 e reprova a Reforma da Previdência

As respostas sobre os eventuais acertos da gestão falam por si. O ato mais elogiado é a Reforma da Previdência, com 4% das indicações. Ocorre que a mesma Reforma, que praticamente impede a aposentadoria de milhões de brasileiros, é apontada por mais de 10% das pessoas como o maior erro da gestão. Mais que o dobro. Recado claro.

A inspiração no desastroso modelo chileno, inegavelmente, não emplacou. E o desempenho tende a piorar quando mais e mais brasileiros, especialmente os mais pobres, morrerem sem conseguir aposentadoria com dignidade.

Com efeito, outros 2,45% da população citam “mexer no INSS” como maior erro. Somando “Reforma da Previdência” e “mexer no INSS”, temos uma reprovação de 12,54%.

Escândalos com os filhos

O envolvimento dos filhos no governo também explica porque SC dá nota 5 a Bolsonaro. Vale lembrar que todos os seus três herdeiros produziram escândalos. Exemplos:

Pedágios da BR-101

Os próximos passos não são animadores. Ainda mais quando forem implementadas as quatro praças de pedágio no trecho sul da BR-101. O governo Bolsonaro deixou a região falando sozinha em uma audiência pública, mas os efeitos políticos ainda não foram sentidos porque as praças só devem ser instaladas nos próximos meses.

Um fardo a ser carregado pelos candidatos do bolsonarismo nas eleições municipais deste ano. Ainda mais porque o processo tem as digitais do presidente da República.

E de seu antecessor Michel Temer, que tem revelado a afinidade política entre ambos.

SC dá nota 5 e nega novo voto em Bolsonaro

Se SC dá nota 5 a Bolsonaro, a previsão de desempenho eleitoral também não é nada boa. Quase metade (49,73%) dos eleitores catarinenses não votariam novamente em Bolsonaro.

Apenas 24,64% dos eleitores declararam que votariam de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar