Responsabilidade é não compartilhar notícias falsas

Responsabilidade é não compartilhar notícias falsas. Em um momento como o atual, em que todos estão naturalmente ansiosos e preocupados, precisamos mais do que nunca de solidariedade. O compartilhamento de notícias falsas, no entanto, parece estar atingindo níveis ainda mais altos.

Provavelmente seja mais por ignorância do que por má fé. Ao menos por parte de quem compartilha. Mas não é aceitável que áudios sejam enviados a centenas de contatos em um grupo de WhatsApp sem que se saiba se aquilo faz algum sentido.

Ontem o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, precisou gravar uma mensagem garantindo que os supermercados da cidade não serão fechados de uma hora para outra. Um áudio feito sem um pingo de responsabilidade afirmava não apenas que eles deixariam de receber o público, mas também que isso seria feito de uma hora para outra, sem aviso prévio.

Responsabilidade é não compartilhar notícias falsas

É preciso respeitar a responsabilidade das autoridades. Obviamente essa decisão jamais seria tomada dessa maneira. O anúncio falso gera pânico nas pessoas, que temem ficar com suas casas desabastecidas. Desemboca em uma corrida aos mercados e supermercados.

Portanto, surge um desequilíbrio em um quadro que está funcionando bem. Os estabelecimentos estão controlando a entrada de consumidores, como mostra a imagem que eu fiz na porta do Giassi, de Oficinas. As prateleiras estão abastecidas, os funcionários têm cuidados de higiene. Tudo, então, dentro do ideal para o momento.

Antes de encaminhar mensagens às pessoas, avalie se a notícia não pode causar efeitos ruins e não ser verdade. Confira as declarações dos órgãos oficiais, questione a pessoas que tenham mais conhecimento do assunto. Isso vale, aliás, para a pandemia de coronavírus e vale também para muitos outros assuntos.

A responsabilidade que cobramos das autoridades públicas precisa ser exercida também por nós, cidadãos.

Confira no Ministério da Saúde uma seção especial de esclarecimento de notícias falsas (as chamadas fake news).

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar