Reprovação provavelmente não tiraria Olavio da eleição

A maioria dos vereadores de Tubarão foi à sessão da última sexta-feira da Câmara acreditando que entraria em deliberação o direito de o ex-prefeito Olavio Falchetti de participar da eleição de outubro – e ficou claro que há quem prefira que o petista não participe do pleito. Os assuntos guardam relação, mas estão longe de determinar uma saída automática. A Justiça Eleitoral tem deferido os pedidos de registro de candidaturas quando há reprovação de contas sem que haja dolo do responsável. O caso em questão nas contas de 2014, absolutamente contábil, enquadra-se nesse caso de maneira muito clara, já que não representou prejuízo de um centavo sequer ao município, não houve descumprimento de qualquer percentual de investimento estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal e não há qualquer indicativo de irregularidade em licitação ou outros processos administrativos. Ou seja: é altamente provável que nem mesmo uma rejeição tire de Olavio o direito de concorrer a um cargo eletivo.

Deixe uma resposta