PSL quer apoio a Bolsonaro para coligar em SC

As definições de última hora são uma tradição na formação de chapas em Santa Catarina, mas este ano temos um cenário em que as convenções podem ter suas deliberações revertidas até domingo. Através de nota oficial, o PSL de Santa Catarina admitiu que estuda a possibilidade de apoiar um candidato ao governo de outro partido, mas sugere que isso estaria atrelado ao apoio à candidatura presidencial de Jair Bolsonaro. Parece pouco provável. PSDB e MDB terão seus próprios candidatos a presidente; o PP está na aliança de Geraldo Alckmin (PSDB); e o PSD tem em sua aliança ao menos dois partidos que provavelmente não aceitariam essa decisão: PCdoB e PDT.

Deixe uma resposta