Processos de cassação de mandato devem ficar par 2019

Os processos movidos pelo PP de Criciúma e pelo PSDB de Tubarão requerendo os mandatos de vereador de Daniel Freitas e Lucas Esmeraldino, respectivamente, dificilmente terão movimentação até o recesso de dezembro. Como é ano de eleição, haverá uma concentração de esforços da Justiça Eleitoral para apurar denúncias, apreciar os pedidos de registro de candidatura e, após as eleições, julgar as prestações de contas dos candidatos e, enfim, promover a diplomação dos eleitos. Daniel e Lucas se desfiliaram de suas siglas para migrar para o PSL. Lucas vai concorrer ao Senado e Daniel, à Câmara dos Deputados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar