Prefeitura de Tubarão não deve descontar ponto de grevistas

Como é sabido, amanhã acontece uma grande mobilização nacional contra as reformas Trabalhista e Previdenciária propostas por Michel Temer. Naturalmente, muitas categorias profissionais estão se mobilizando contra o teor das leis em debate no Congresso Nacional, extremamente prejudiciais aos trabalhadores de todas as classes.

Algumas prefeituras, como a de São Paulo (liderada pelo presidenciável João Dória, aliado de Temer) têm anunciado que descontarão o ponto de quem aderir ao movimento, apesar do constitucional direito à greve.

Em Tubarão, o vice-prefeito e secretário de Gestão Caio Tokarski afirmou que não há posição tomada sobre o assunto.

Caio destacou o respeito às manifestações populares e ponderou apenas que entende que o melhor momento para um ato como este seria o dia 1º de Maio.

Como a possibilidade de grande adesão é real, especialmente entre os professores, é provável que o Município respeite a posição de seus servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar