Pepê Collaço indica que Câmara não pedirá suplementação

Em entrevista concedida ao Jornal do Almoço, da RBS TV, o presidente da Câmara de Vereadores de Tubarão Pepê Collaço (PP) indicou que o Legislativo não solicitará a suplementação orçamentária que foi comentada nos últimos dias. Pepê falou em administrar a Câmara com o teto de R$ 6,3 milhões estabelecido quando da discussão do Lei Orçamentária Anual (LOA), no fim do ano passado.

Pepê disse que a Câmara de Vereadores de Tubarão será uma das mais econômicas do Estado. Destacou que haverá uma redução de cargos comissionados e funções gratificadas na casa de 70% e que serão, em 2017, cerca de R$ 4 milhões a menos do que em 2016.

No ano passado, o Legislativo ultrapassou os R$ 10 milhões.

Deixe uma resposta