“O governo não diz o que quer de verdade com a Reforma Trabalhista”

Em entrevista à Globo News ainda no final do ano passado, o advogado Sérgio Batalha faz um resumo surpreendentemente sincero da proposta de Reforma Trabalhista que Michel Temer tenta conduzir a toque de caixa no Senado.

  • Por uma questão política, o governo não diz exatamente o que pretende com o projeto;
  • Alterações referentes à jornada de trabalho servem apenas para legalizar o que já é feito hoje em dia;
  • Há um clamor do empresariado por redução de direitos trabalhistas como forma de cortar custos com a mão de obra e o governo quer atender esse pedido sem abrir mão da sua própria arrecadação;
  • A Reforma serve para aumentar o lucro das empresas, não para gerar mais empregos. O que gera emprego é o aumento da produção econômica;
  • No sistema atual, os sindicatos negociam vantagens para toda uma categoria, mesmo para quem não é sindicalizado. Com a proposta de Temer, quem não é sindicalizado vai virar refém de convenções coletivas que passam a poder tirar direitos;
  • Nos países em que há contrato coletivo, os sindicatos falam em nome apenas dos sindicalizados;
  • Qualquer reforma depende de um consenso social. A reforma de Temer é fruto da vontade do empresariado apenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *