Joares costura acordo de rodízio e é eleito por aclamação na Amurel

Como já era mais que esperado, o prefeito de Tubarão Joares Ponticelli (PP) construiu um acordo amplo e foi eleito presidente da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).

Joares se entendeu com o outro pretendente ao posto, Volnei Weber (PMDB), prefeito de São Ludgero. Volnei é o primeiro vice e Roberto Kuerten (PSD), prefeito de Braço do Norte, o segundo vice.

A decisão reflete a base do acordo: Joares será o presidente do primeiro ano por ser prefeito da cidade-sede. Depois, seguirá um rodízio de acordo com o tamanho das “bancadas”:

  • O PMDB, com seis, prefeitos, em 2018;
  • O PSD, com cinco prefeitos, em 2019;
  • O PT, com dois prefeitos, em 2020.

Volnei deixou clara a pretensão de presidir a entidade no próximo ano.

Surge, desde já, um empasse para 2020. Os dois prefeitos do PT (Salésio Wiemes, de Santa Rosa de Lima, e Rosenvaldo Júnior, de Imbituba) estão em primeiro mandato e deverão, em tese, candidatar-se à reeleição. Desta forma, quem assumir a presidência em março precisa renunciar em abril para não ficar inelegível.

Os únicos prefeitos que não podem concorrer à reeleição, por já estarem no segundo mandato, são o próprio Volnei Weber e Clésio Bardini (PP), de Treze de Maio.

Volnei não parece disposto a deixar seu mandato para o último ano. Até por ser cotado para concorrer a deputado estadual em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar