Isenção para idosos e deficientes foi revogada

A isenção de pagamento para idosos e deficientes da Área Azul de Tubarão foi revogada. Portanto, pessoas com necessidades especiais precisam pagar pelo estacionamento nas principais vias de Tubarão. A informação foi inicialmente dada nesta manhã por Matheus Aguiar, na Rádio Bandeirantes.

A isenção foi determinada pela Lei Ordinária 3840/2013, proposta pelo Poder Executivo e aprovada pela Câmara de Vereadores. Porém, esta isenção para idosos e deficientes foi revogada. Posteriormente, com a aprovação da Lei Ordinária 199/2018, a regra deixou de valer.

As vagas para portadores de necessidades especiais e idosos seguem reservadas. Mas também são cobradas, como todas as demais. Inclusive com os mesmos valores das convencionais.

Vagas para idosos e deficientes seguem reservadas, mas sem isenção

A Área Azul voltou a operar hoje em Tubarão. Curiosamente, a contratação da empresa responsável se deu pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Serão 477 vagas para motos e 2.295 para carros. Destas, 133 serão para idosos, e 62 para pessoas portadoras de necessidades especiais. No entanto, a nova regulamentação determina que todos paguem o preço: R$ 2,50 para carros e R$ 1 por hora.

A Área Azul funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 13h. Segundo a Apae, o tempo máximo de permanência será de duas horas – após este tempo, é necessário mudar de vaga.

Novas ruas adicionadas

A prefeitura de Tubarão também lançou um decreto acrescentando novas ruas à Área Azul. A publicação confirma denúncia feita aqui, de que várias sinalizações eram irregulares. A solução, no entanto, foi de fazer uma nova norma aumentando a área do estacionamento rotativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar