Ida de Maurício para a Educação significa mudança na Infraestrutura

A nomeação de Maurício da Silva para a presidência da Fundação Municipal de Educação está evidentemente condicionada à troca de comando na secretaria de Infraestrutura. Se Maurício for para o governo, Eraldo Pereira da Silva volta à Câmara, mantendo o espaço do PPS no primeiro escalão – uma secretaria de primeira linha. A atuação de Maurício como líder do governo agradou em cheio o prefeito Joares Ponticelli. O decano do Legislativo tubaronense tem conhecimento da legislação municipal e condições de defender projetos de qualquer natureza. Sua substituição também é um tema pelo qual o governo terá que passar, já que o líder do governo tem exposição intensa, tanto positiva quanto negativa, já que é necessário defender pautas impopulares. Caso seja concretizada a movimentação, porém, a maior atenção deverá se voltar ao comando da Infraestrutura. Um primeiro nome comentado é o do secretário de desenvolvimento regional Nilton de Campos, que pode deixar o posto, dependendo da composição eleitoral para a disputa pelo governo do Estado. Outros nomes certamente surgirão à medida que a possibilidade de troca ganhar corpo.

Deixe uma resposta