Guarda pode salvar o estacionamento rotativo

Hoje é dia de reunião da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) com o prefeito Joares Ponticelli para tratar do estacionamento rotativo em Tubarão. Uma ação necessária que não é implementada com sucesso há muito tempo. As experiências frustradas dos últimos anos hão de servir para que se tenha clareza sobre o que impede o sistema de funcionar. A primeira grande preocupação deve ser quanto ao sistema a ser adotado. As inovações tecnológicas são muito bem-vindas, mas precisam ser sustentáveis. De nada adianta um projeto moderno que não funcione, sendo preferível a adoção de técnicas simplórias, como os cartões de papel. Outra questão central é a oferta de cartões, que precisam estar disponíveis nos pontos comerciais das ruas atendidas – a menos que seja adotado algum sistema de autoatendimento nos parquímetros. Por fim, a fiscalização. Sempre que se buscou deixar as notificações aos veículos a cargo de funcionários da empresa, a competência destes para tal tarefa foi questionada. É preciso que essa tarefa fique a cargo da Guarda Municipal, que tem preparo e legitimidade para desempenhar esse papel decisivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *