fbpx

Geraldo Alckmin inicia ofensiva contra Jair Bolsonaro

Tudo leva a crer que o segundo turno da disputa presidencial será entre um candidato mais à esquerda e outro mais à direita, como sempre ocorre desde 1989. Ciente desse quadro e de que os bons índices de intenção de voto de Jair Bolsonaro (PSL) têm tudo a ver com o seu desempenho ruim nas pesquisas, Geraldo Alckmin (PSDB) iniciou o movimento lógico de tentar desconstruir a imagem criada pelo deputado federal carioca.

O voto de volta

O eleitorado que hoje apoia a candidatura de Bolsonaro tende a ser o que votou no PSDB nas últimas eleições presidenciais.
Dificilmente Alckmin vai decolar nas pesquisas buscando quem hoje declara voto em Lula, Ciro ou Marina, para citar quem tem índices relevantes. Se não conseguir de volta os votos que perdeu para Bolsonaro, o PSDB dificilmente chega longe.

A outra semifinal

Da mesma forma, entende-se que deve haver um candidato de esquerda na segunda fase da eleição. Se Lula (PT) não disputar o pleito, o mais bem cotado hoje é Ciro Gomes (PDT), herdando parte do eleitorado do ex-presidente. Resta descobrir se ele seguirá recebendo esse apoio quando Lula declarar quem é o seu candidato, provavelmente outro petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *