Fora do PSB, Paulo Bornhausen vai estruturar um partido pelos municípios

A saída de Paulo Bornhausen do PSB era muito previsível, principalmente depois que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) retomou sua raiz à esquerda, de maneira marcante durante o governo Temer.

O histórico de direita da família Bornhausen, a expulsão do prefeito de Chapecó Luciano Buligon por apoiar Bolsonaro e outros gestos deixavam claro que o rompimento era questão de tempo.

A dúvida é saber qual partido passará a ser estruturado por esse grupo. Fala-se em DEM e Podemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *