Exoneração faz Caio se manter no jogo

Ao pedir exoneração do cargo de secretário municipal de Gestão dias antes do fim do prazo de desincompatibilização, o vice-prefeito Caio Tokarski (PSD) agiu claramente para se manter elegível, o que sinaliza que uma candidatura a um cargo eletivo não está descartada. Há a expectativa de Júlio Garcia ser indicado à composição majoritária para conduzir uma aliança com o PMDB, derrotando Gelson Merísio, nome para estar à frente de um casamento com o PP. Se Júlio não concorrer à Assembleia Legislativa, Caio seria seu substituto natural.

Outras possibilidades

O quadro político no Estado está tão indefinido, no entanto, que nem mesmo outras candidaturas parecem descartadas. Vai até o fim dessa semana o prazo para uma eventual nova filiação.

A fila andando

Lideranças do PSD de Tubarão ficaram naturalmente de orelha em pé com o gesto de Caio. Se concorrer em outubro, ele abre espaço para a indicação de um novo candidato a vice-prefeito em 2020. Um vice-prefeito que, se eleito, poderia se tornar prefeito pouco menos de um ano depois, já que a possibilidade de Joares Ponticelli buscar uma candidatura majoritária em 2022 é mais que cogitada.

 

Deixe uma resposta