Edinho Bez não deverá participar de discussão da Reforma da Previdência

Prestes a deixar a Câmara dos Deputados por ao menos um ano, Edinho Bez não deverá participar das discussões e da votação da Reforma da Previdência, certamente a pauta mais importante do ano no Congresso.

Semana passada, no programa Cidade Aberta, da Rádio Santa Catarina, Edinho disse que a Reforma é inevitável, pela maioria folgada que o governo tem no Congresso. Mas que entende que são necessárias mudanças no texto original. E que ainda não é possível dizer quais alterações seriam essas.

Vale lembrar que Edinho também não participou da votação que depôs a presidenta Dilma Rousseff, alçando seu correligionário Michel Temer à presidência da República. Na ocasião, ele e Ângela Albino (PCdoB) deixaram a condição de deputados porque César Souza (PSD) e João Paulo Kleinubing (PSD) voltaram à Câmara apenas para votar essa pauta.

O fato é que em nenhuma das duas pautas Edinho poderá ser cobrado pelo seu voto no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *