Edi da Farmácia pode ser candidato a deputado estadual

Falei das opções que o PP de Tubarão analisa para concorrer à Assembleia Legislativa.

Outro partido, bem menos tradicional, que se movimenta para lançar candidato em Tubarão é o PSC.

O Partido Social Cristão tem se tornado, ao longo dos últimos anos, um reduto de lideranças ligadas a igrejas evangélicas. Lançou a candidatura de Pastor Everaldo à Presidência da República em 2010 e hoje ocupa funções de destaque no governo Temer. O deputado federal André Moura (PSC-SE), aliado do ex-presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi líder do governo na Câmara e hoje é líder do governo no Congresso.

O partido indicou o presidente a Funai.

E pretende lançar a candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) à Presidência no ano que vem. Se ele permanecer na sigla.

Voltando ao plano local, o deputado estadual Narcizo Parisotto (eleito pelo DEM) é um dos novos membros da sigla e pretende se reeleger lançando candidatos por todo o Estado, para garantir a legenda sem precisar de coligações proporcionais.

Narcizo vai buscar seu sétimo mandato na Assembleia Legislativa. De 2013 para cá, já passou por PTB, DEM e agora PSC.

Parte desse plano é ter candidato em Tubarão. Joel da Farmácia não deve concorrer porque, para isso, teria que deixar o posto de gerente de Serviços Públicos de Tubarão em abril.

Seu filho Edi da Farmácia, que obteve mais de 4 mil votos na eleição do ano passado como candidato a prefeito, deve ser o indicado.

Como o PP e o PSD também terão seus candidatos, é possível que haja conversas para que não sejam tantos nomes dentro da base do governo. Papo para o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar