Demissão de terceirizados gera problema político na ADR

Está causando um grande mal-estar uma série de demissões ocorrida na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Tubarão antes do feriado de Carnaval. Os dispensados são funcionários terceirizados, com vínculo direto com uma empresa privada que presta serviços ao governo do Estado. Lideranças do PMDB e do PSD alegam não terem sido consultados sobre os critérios de definição de quem permaneceria no cargo e quem seria demitido, tampouco de que haveria desligamentos. Os servidores foram surpreendidos pela notícia na sexta-feira, quando foram informados de que deveriam assinar as suas rescisões contratuais. Os próximos dias serão de busca por explicações.

Deixe uma resposta