Decisão de Eduardo reacende expectativas na ADR de Tubarão

Havia um sentimento de que as vagas do PSD na ADR de Tubarão seriam mantidas ao menos até a convenção de agosto, quando o rompimento com o MDB seria oficializado – dada a proximidade entre Eduardo Moreira e Júlio Garcia. Com a definição de que Eduardo não será candidato à reeleição, a situação deve ser rediscutida e dois nomes aparecem cotados para assumir a condição de secretário regional: o próprio Douglas e João Marcelo Fretta Zapellini, candidato a vice-prefeito em 2016. O ex-presidente da Câmara Edson Firmino descartou qualquer possibilidade de deixar o posto que ocupa na secretaria de Estado da Infraestrutura neste momento.

Mais cortes vêm aí

Parece claro que a situação econômica que Santa Catarina atravessa foi determinante para que Eduardo Moreira desistisse de concorrer neste ano. As medidas duras que são necessárias não são compatíveis com um gestor que pretende concorrer novamente, ainda mais representando um grupo que buscaria o quinto mandato consecutivo, o quarto em que o próprio Eduardo estaria na chapa majoritária (ele foi vice-governador de 2003 a 2006; de 2011 a 2014; e de 2015 a 2018). Sem precisar viabilizar sua própria campanha, Eduardo sente-se confortável para promover mais cortes e estes já devem estar sendo planejados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *