Debate com a jornalista Laura Peruchi

Ontem promovi um debate com a jornalista Laura Peruchi. Natural de Meleiro, ela viveu por oito anos em Tubarão e está há outros oito em Nova Iorque. Lá, desenvolve um trabalho muito interessante de orientação sobre a cidade, sobretudo para brasileiros e portugueses que buscam dicas para viagens.

A conversa aconteceu em uma live no Instagram. Primeiramente tratamos sobre o trabalho dela. Posteriormente, sobre assuntos referentes à pandemia de Covid-19 e suas consequências sociais e políticas.

Debate com a jornalista Laura Peruchi

O debate ouxe informações sobre a rigidez das regras de distanciamento impostas por lá – que não chegam a ser tão restritivas quanto às percebidas em áreas da Europa que adotaram o lockdown. E também sobre a adaptação da população a essa nova e repentina realidade social. Ainda mais em um quadro de um país continental, com muitas diferenças de legislação e sobre o quadro da pandemia. E a comparação com o quadro brasileiro, com boa parte das restrições já “flexibilizadas“.

A compreensão de que o momento é de priorizar a defesa das vidas é bem claro. A preocupação com os fatores econômicos é bastante evidente e vem sendo tratada de maneira a não prejudicar as orientações sanitárias. Ao mesmo tempo em que o país se divide por conta do debate da eleição presidencial, que vai acontecer em novembro.

As diferenças entre os sistemas de saúde dos dois países também foram abordadas. Serve como reflexão para a valorização do SUS. Ainda que com seus defeitos, ele oferece uma segurança importante aos cidadãos brasileiros.

Além disso, falamos sobre uma notícia falsa que circulou no Brasil. Ela tratava de uma declaração do governador de Nova Iorque sobre a eficácia do isolamento social. Laura relatou as dificuldades para a população local atender ao chamado de distanciamento, mas reafirmou o compromisso das autoridades públicas com a estratégia. A única, aliás, com comprovada eficácia contra a proliferação do vírus.

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar