CPI por atraso de requerimentos já aconteceu em Tubarão

Durante a última sessão da Câmara de Vereadores, João Fernandes (PSDB) reclamou publicamente de uma resposta de requerimento feita pelo Poder Executivo, que ele considerou insuficiente. Chegou a pedir uma CPI para tratar destas respostas, sendo prontamente informado pelo presidente da Casa, Pepê Collaço (PP), de que isso não seria possível. Ocorre que na legislatura passada houve a abertura de uma para apurar justamente isso. Lucas Esmeraldino (à época no PSDB, agora no PSL) propôs o uso do instrumento porque um de seus pedidos ao Executivo estava com atraso de quatro dias. A CPI evidentemente não prosperou pela motivação risível, mas possível é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *