Corte de árvores em escola causa revolta em Tubarão

O corte de árvores em uma escola causou revolta em Tubarão. Dois pés de pau-brasil foram cortados pela direção da escola. A intenção é construir dois banheiros na área. O assunto foi destacado pelo Tribuna Sulina.

A denúncia dá conta do cometimento de crime ambiental, já que não havia qualquer autorização para o ato. A Fundação Municipal de Meio-Ambiente (Funat) está apurando o fato.

As árvores foram plantadas em 2012 pelos alunos da escola, com mudas doadas pela Tractebel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *