Câmara deverá propor suplementação orçamentária

O Observatório Social de Tubarão reuniu-se hoje à tarde com o presidente da Câmara de Vereadores de Tubarão, Pepê Collaço (PP).  O Observatório defendeu a manutenção do orçamento da Câmara definido no ano passado, aprovado pela legislatura que se encerrou em dezembro.

No ano passado, a Câmara de Vereadores aprovou uma queda sensível no orçamento do Poder Legislativo para 2017. Dos quase R$ 10 milhões de 2016, passariam a ser R$ 6,3 milhões neste ano.

Pepê defendeu a suplementação do valor para o pagamento das rescisões dos servidores comissionados da legislatura anterior, que foram exonerados apenas nos primeiros dias de 2017, já sob a presidência de Pepê.

Defendeu, ainda, que é preciso ampliar o valor previsto para proporcionar que todos os vereadores tenham ao menos um assessor cada.

Portanto, o orçamento da Câmara de Vereadores para 2017 provavelmente voltará a ser discutido.

Deixe uma resposta