Base da Reforma Administrativa

A intenção inicial da Reforma Administrativa que está sendo elaborada é cumprir a promessa de campanha do prefeito Joares Ponticelli e do vice Caio Tokarski de reduzir o número de secretarias das 15 atuais para, no máximo, nove – “um dígito”, como foi repetido durante e depois do período eleitoral.

A reforma será apresentada aos vereadores na sexta-feira e deverá ser tema de sessão extraordinária da Câmara de Vereadores na próxima semana.

Desta forma, o que se desenha é a seguinte formação de secretarias:

  1. Secretaria de Gestão – Mantendo a grande estrutura atual, abrangendo Finanças, Recursos Humanos e o Departamento de Licitação e Compras. A secretaria passaria a abrigar também o Departamento de Patrimônio.
  2. Secretaria de Saúde – Manteria a formatação atual, apenas deixando de ser fundação.
  3. Secretaria de Educação e Cultura – Passaria a abrigar a gerência de Cultura.
  4. Secretaria de Infraestrutura – Nos moldes atuais, abrigando duas gerências: Obras e Serviços Públicos.
  5. Ação Social – Nos mesmos moldes da atual Fundação de Desenvolvimento Social, mas deixando o modelo de fundação.
  6. Procuradoria – Sem alterações estruturais significativas.
  7. Desenvolvimento Econômico – Também segue no mesmo formato, com uma Coordenação de Abastecimento e Agricultura.
  8. Fazenda – Segue no mesmo formato.
  9. Urbanismo e Mobilidade – A Secretaria de Urbanismo passa a agregar o Departamento de Trânsito.

 

DEMAIS ESTRUTURAS

  1. Gabinete do Prefeito – Vai abrigar ao menos três estruturas que hoje têm status de secretaria: Governo, Defesa Civil e Controladoria.
  2. Fundação de Meio-Ambiente – Mantém a estrutura, mas perde o status de primeiro escalão.
  3. Fundação de Esporte – Deixa de responder pela Cultura e também perde o status de secretaria.
  4. Assessorias especiais – Hoje existem três vagas de assessores especiais, que podem auxiliar diretamente o prefeito em áreas específicas.

 

SECRETARIAS QUE SERÃO EXTINTAS

  1. Governo – Vai ser incorporada pelo Gabinete do Prefeito.
  2. Defesa Civil – Vai ser incorporada pelo Gabinete do Prefeito.
  3. Controladoria – Vai ser incorporada pelo Gabinete do Prefeito.
  4. Fundação de Meio-Ambiente – Perde o status de secretaria.
  5. Fundação de Cultura e Esporte – A Gerência de Cultura passa para a Secretaria de Educação e o Esporte perde o status de secretaria.
  6. Segurança e Patrimônio – A secretaria, na prática, se dividia em trânsito e patrimônio. O trânsito vai para a Secretaria de Urbanismo e Mobilidade e o patrimônio, para a Gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar