Audiência Pública terá debate de professores x políticos

Os cartazes quanto à Audiência Pública que será realizada pela Câmara de Vereadores no dia 11 de agosto quanto ao projeto de lei Escola Sem Partido, que expõe Tubarão novamente ao ridículo jurídico, evidenciam um contrates sobre a forma como o assunto tem sido encarado por quem defende a Lei da Mordaça e quem defende a atuação dos professores na sala de aula.

O cartaz da ala favorável ao projeto de lei, que já nasceu inconstitucional segundo o Ministério Público Federal (MPF) e a Procuradoria Geral da República (PGR), cita cinco participantes. Apenas uma professora, com muito menos destaque em relação aos “astros” Lucas Esmeraldino (vereador e pretenso candidato a deputado) e Eduardo Bolsonaro (deputado federal e filho de Jair Bolsonaro).

O cartaz feito por Coletivo Pró-Educação, Sinte, Sintermut e Sinpaaet elenca outros cinco debatedores, todos professores.

Está clara a proposta do debate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar