Após terceirização ilimitada, município de SC contrata professores por leilão de menor preço

Houve quem dissesse que a permissão de terceirização generalizada seria boa para o País.

Em Angelina, os efeitos dessa dilaceração dos direitos trabalhistas já são sentidos: a prefeitura abriu uma licitação para a contratação de serviço de instrutores de atividades físicas por leilão de menor preço.

Responde pela ideia o prefeito Gilberto Orlando Dorigon (PMDB) – foto.

Isso significa:

  • Os professores que darão aula na cidade não serão selecionados por concurso ou processo seletivo;
  • Quem quiser concorrer à vaga terá que baixar o preço ao máximo que puder;
  • Estes professores não terão direito a férias e nem a 13º salário, pois terá que participar do leilão através de uma empresa.

Eis a herança que um governo, que chegou ao poder como chegou, quer deixar ao País.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *