Após decisão esperada do TSE, eleição vive incerteza

Todo mundo sabia que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitaria o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Lula. O que vai acontecer daqui em diante ninguém sabe. Supor que o ato enterrará seu poder eleitoral é desprezar que ele ganhou dez pontos percentuais nas pesquisas desde que foi preso – passou da casa dos 30% para a dos 40%. A primeira chave do pleito é descobrir quanto disso será transferido a Fernando Haddad (PT). A segunda é saber se Jair Bolsonaro (PSL) manterá seus eleitores após o ataque de Geraldo Alckmin (PSDB).

Deixe uma resposta