Após alerta de Gelson Bento, INSS segue corte de benefícios

Dias depois de o vereador Gelson Bento (PP) se manifestar quanto a alguns absurdos efetuados pelo INSS em perícias revisionais de benefícios como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez, Michel Temer “presentou” os trabalhadores brasileiros com quase 60 mil convocações para revisão. Naturalmente concessões fraudulentas precisam ser combatidas, mas já ficou claro que o governo parece disposto a cortar benefícios a qualquer custo, mesmo de pessoas com dificuldades de saúde severas e altamente dependentes destes benefícios.

Deixe uma resposta