Ânima assume a Unisul anunciando prosperidade

O grupo Ânima assume a Unisul anunciando prosperidade. Esse foi o resumo da entrevista coletiva realizada na semana passada e dos atos contínuos ao anúncio da parceria, enfim oficializada. Primeiramente, os funcionários receberam os seus salários integralmente. Posteriormente, já foi assegurado o pagamento do 13º salário e a quitação total de todos os atrasados em 30 dias.

Antes, portanto, do fim do ano. Um imenso alívio para quem passou meses de dificuldades, recebendo apenas 70% de seus vencimentos. E, muitas vezes, de maneira parcelada.

O que se tornava mais grave diante de um quadro de falta de transparência. Houve avanços, é justo destacar.

O contrato trata oficialmente de uma transferência de mantença. O prazo para a concretização é 4 de janeiro de 2021, porque há formalidades a serem cumpridas – como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), uma autarquia federal que visa prevenir atos de abuso de poder econômico. Provavelmente será apenas protocolar. O Ministério da Educação também precisa avalizar o negócio e, até lá, a gestão será compartilhada.

O aporte financeiro para as quitações trabalhistas sinaliza que não há temor de reviravolta.

Ânima assume a Unisul para sanear as contas

Não se trata, inegavelmente, de um mar de rosas. O Ânima chega com o objetivo de sanear a instituição financeiramente. Promover as demissões que a universidade pretendia fazer e não podia por falta de dinheiro para arcar com as rescisões. O aperto de cintos deve ser sentido em muito breve e os servidores, ora aliviados, serão impactados.

O discurso de “posse”, no entanto, foi o de que a Ânima assume a Unisul anunciando prosperidade. O grupo apresenta a sua capilaridade: são 115 mil alunos e 3.800 colaboradores em sete estados brasileiros – segundo dados oficiais da própria instituição. Em síntese, uma potência do mercado educacional que tem condições de trazer conexões poderosas à universidade, cumprindo a obrigação de manter aqui em Tubarão a sua sede.

Se as promessas de prosperidade se realizarão mais à frente, o tempo dirá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem por WhatsApp
Enviar