A bola da sucessão estadual está com Amin

Na semana passada, divulgou-se que Gelson Merisio (PSD) teria acertado que seu vice na candidatura ao governo do Estado será o vereador de Joinville Ninfo König (PSB). Bastou que o deputado federal Esperidião Amin (PP) reagisse mal para que a informação, confirmada em entrevista por Ninfo, fosse desmentida. Amin lidera com folga qualquer pesquisa que seja realizada e sabe que está com a bola. Se aceitar ser candidato ao governo, não será Merisio e seus pouco mais que quatro pontos percentuais de intenção de voto que vão impedir. Amin tem a opção de levar o PP a aliar-se ao PSDB, mesmo que sem o PSD, caso sinta-se excluído por Merisio – e, de quebra, deixando o MDB sem a possibilidade de aliar-se a um grande partido, já que não é possível imaginar aproximação com PSD ou o PT.

Deixe uma resposta