A autocrítica que a Justiça eleitoral também precisa fazer

Muitos políticos e partidos tradicionais precisam fazer sua salutar autocrítica após a eleição deste ano. A Justiça Eleitoral precisa passar por um processo similar. Por mais que o combate às falsas notícias seja uma missão inglória, é notório que o Judiciário no Brasil levou uma lavada nesse sentido, não tendo nenhuma reação à industrialização deste tipo de conteúdo. Mesmo havendo casos para se espelhar, como o da eleição nos Estados Unidos. A esperança é que haja ensinamentos a serem aplicados em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *